quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

CIENTISTA É ACUSADO DE DESVIAR MILHARES DE DÓLARES DE PROJETO DA NASA

Cientista é acusado de desviar milhares de dólares de projeto da Nasa

Um cientista e professor da Universidade da Flórida (UFA) e vários membros de sua família foram acusados de supostamente terem cometido uma fraude contra a Nasa (agência espacial americana) que chegaria a centenas de milhares de dólares, informaram hoje as autoridades.

Agentes do FBI (Polícia federal dos Estados Unidos) revistaram os escritórios do cientista Samim Anghaie, de 59 anos e professor de engenharia radiológica, acusado de "obter ilegalmente centenas de milhares de dólares de fundos do Governo" da Nasa.

A investigação destaca que o cientista, sua esposa, Sousan, de 54 anos, e os dois filhos são suspeitos de preparar faturas "fraudulentas" através das quais desviaram para si centenas de milhares de dólares.

Na UFA, Anghaie dirigia o Instituto de Propulsão e Poder Nuclear Espacial Inovador na cidade de Gainsville, Flórida. A agência tinha concedido ao cientista duas verbas para estudar o uso do poder nuclear nas viagens espaciais.

A investigação se centra na companhia New Era Technology Inc. (Netech), criada em 1988 como uma empresa de pesquisa de alta tecnologia.

A mulher do cientista presidia a companhia, que, desde 1999, obteve 13 contratos federais no total de US$ 3,4 milhões, dos quais US$ 2,5 milhões procediam da Nasa, segundo os documentos divulgados nos tribunais.

Aparentemente, uma grande parte do dinheiro foi desviada das contas da companhia a outras pessoais para comprar veículos e imóveis, segundo uma declaração juramentada de agentes do FBI e de um inspetor da agência espacial.

Os agentes federais alegaram que a Netech e, "particularmente, Sousan Agnhaie, falsificaram os indicadores de trabalho e informação de orçamentos sobre propostas de contratos certificados enviados à Nasa".


FONTE: 26/02/2009 - 16h19 - (corrige definição da Nasa no lide) Miami, 26 fev (EFE).
http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2009/02/26/ult1807u48807.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário