terça-feira, 28 de junho de 2011

Vivendo entre uma Geração Pervertida e Corrupta I: IGREJA ATACA UNIÃO GAY

IGREJA ATACA UNIÃO GAY

http://primeiraedicao.com.br/noticia/2011/06/24/igreja-ataca-uniao-gay

==============================================

A ‘união conjugal’ de pessoas do mesmo sexo tem pela frente uma
adversária de peso: a igreja. Não apenas a principal delas, a
Católica, mas as evangélicas em geral.

Nesta quinta-feira, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de
Deus, atacou duramente a união gay a falar para cerca de um milhão e
500 mil pessoas em São Paulo.

Durante a tradicional Marcha por Jesus (realizada três dias antes
da Parada Gay) gritou Malafaia:

"O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL RASGOU A
CONSTITUIÇÃO QUE, NO ARTIGO 226,
PARÁGRAFO 3º, DIZ CLARAMENTE QUE UNIÃO
ESTÁVEL É ENTRE UM HOMEM DO GÊNERO
MASCULINO E UMA MULHER DO GÊNERO
FEMININO. UNIÃO HOMOSSEXUAL UMA
VÍRGULA".

O discurso do líder da Assembleia de Deus foi feito para a multidão
concentrada na Praça Heróis da Força Expedicionária
Brasileira, na zona norte de São Paulo. Ele estava ao lado do
prefeito Gilberto Kassab, que se manteve discreto.

O pastor disse:

"QUEREM COLOCAR UMA MORDAÇA EM NOSSA
BOCA. NÃO! MIL VEZES NÃO!"

Enquanto a multidão demonstrava apoio repetindo "NÃO, MIL
VEZES NÃO" com palmas e acenos de mão, Kassab preferiu a
discrição, citando a importância do evento para a cidade. Depois,
disse aos jornalistas que todos têm direito de expressar suas
opiniões. Tanto a Marcha para Jesus quanto a Parada Gay, que
ocorre no domingo, têm apoio da Prefeitura e fazem parte do
calendário de eventos da cidade.

Regada a água, refrigerante e suco, a Marcha começou pontualmente
às 10h. A caminhada teve início na Avenida Tiradentes, próximo
à Estação Luz do Metrô. Antes, a multidão já lotava
estações e vagões dos trens do Metrô. Idosos, jovens, casais e
muitas crianças cantavam e dançavam músicas evangélicas nos estilos
pop, axé, infantil e hip-hop que tocavam em nove trios elétricos.

No caminho, ambulantes vendiam de tudo, enos bebida alcoólica.
"Evangélico não toma cerveja. Bebida alcoólica a gente está
guardando para vender na Parada Gay", disse um camelô, que não
quis se identificar.

Fonte:

A SITUAÇÃO DA DEFESA DA VIDA

sdv@documentosepesquisas.com

DIFUNDA ESTA MENSAGEM.

EXPLIQUE A SEUS CONTATOS QUE A
DIVULGAÇÃO DO CONHECIMENTO É
NECESSÁRIA PARA A DEFESA DA VIDA.
Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário