terça-feira, 8 de abril de 2014

Empresa investigada pela Polícia Federal doou 4,5 milhões ao PT - (PT Modelo de Partido Corrupto, Sodomita, está acabando com Petrobras e Defensores de Adolescentes Bandidos)

Empresa investigada pela Polícia Federal doou 4,5 milhões ao PT

Imagem: DivulgaçãoInvestigada pela Polícia Federal sob suspeita de lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, a empresa Jaraguá Equipamentos doou R$ 4,5 milhões ao diretório nacional do PT entre 2010 e 2012.
A empresa, que é fornecedora da Petrobras, é apontada pela PF como uma das financiadoras do esquema que seria comandado pelo doleiro Alberto Youssef, atualmente preso em Curitiba.
A Jaraguá Equipamentos foi contratada pela Petrobras para a obra da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, no valor de R$ 1,2 bilhão.
Em 2010, ano de eleição presidencial, a companhia doou, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), R$ 2,5 milhões para o PT. Em 2011, repassou R$ 1 milhão ao partido. No ano seguinte, mais R$ 1 milhão.
A prestação de contas partidárias de 2013 ainda não está disponível no sistema do TSE. Não há registro de doações para outras legendas pelo menos em 2010 e 2011.
A Jaraguá é uma das nove fornecedoras da Petrobras que, conforme revelou a ‘Folha’ no sábado (5), depositaram R$ 34,7 milhões na conta da MO Consultoria.
A polícia suspeita que essa consultoria repassaria propina para funcionários públicos e políticos. De 2009 a 2013, segundo um lado da PF, passaram pela empresa um total de R$ 90 milhões.
Além do diretório nacional do PT, parlamentares do PP também receberam em 2010 doações eleitorais da Jaraguá Equipamentos, como mostrou o jornal "O Estado de S. Paulo". Um dos deputados beneficiados é o ex-ministro Mário Negromonte (PP-BA), que recebeu R$ 500 mil.
Ele disse à ‘Folha’ que foi apresentado à empresa pelo ex-líder de sua legenda José Janene, que morreu em 2010.
Encontro
Negromonte diz que esteve com os donos da Jaraguá uma única vez, mas que não se recorda dos nomes. Sobre o doleiro Yousseff, Negromonte diz que esteve uma vez com ele ”acho que na casa de Janene”. “Diversas pessoas estavam lá”, afirmou.
Questionado pela reportagem em que tipo de evento ocorreu o encontro, Negromonte respondeu que achava que era um aniversário.
Ao ser questionado sobre os partidos dos ”diversos” convidados, ele disse: “Não vou citar nome, minha querida. Não posso ficar colocando outras pessoas na minha entrevista. Eram diversas pessoas, mas não gravei”.
Procurados, o atual tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e a Jaraguá Equipamentos não responderam a e-mails da reportagem até a conclusão desta edição.
Deixe seu comentário no Verdade Gospel.
Fonte: Folha

Fonte via:
http://www.verdadegospel.com/empresa-investigada-pela-policia-federal-doou-45-milhoes-ao-pt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário